Intel quer ver seu óculos de realidade virtual em produção até o fim do ano

5 de janeiro de 2017 Comentário(s)
Intel quer ver seu óculos de realidade virtual em produção até o fim do ano
Shares 1

Tempo de leitura: 1 minutoO CEO da Intel, Bryan Krzanich, anunciou hoje durante o keynote da empresa na CES 2017 que o projeto Alloy, ou simplesmente os óculos de realidade virtual da Intel devem estrar em produção até o final desse ano. A companhia diz já está em contato com uma série de fabricantes diferentes para tornar isso realidade de uma vez por todas.

O Prject Alloy é uma iniciativa da Intel para tentar criar uma alternativa viável de realidade virtual. Um dos principais diferenciais do projeto é a ausência de conexões externas, ou seja, o dispositivo funciona sem precisar estar conectado em um computador.

Não é a mesma coisa que o projeto Cardboard, do Google, em que você utiliza o seu celular. O Alloy é uma máquina potente e independente. Não há sensores externos e nem o perigo de tropeços no meio do caminho. O dispositivo aposta na tecnologia RealSense da Intel para permitir movimentos e mais imersão no mundo virtual.

A ideia da Intel é criar um ecossistema completo, provendo o hardware e as APIs necessárias para a criação. Sendo assim, basta alguma empresa (como ASUS ou Gigabyte, por exemplo) se interessar pelo sistema, licenciar, e criar um modelo personalizado em cima do padrão da Intel.

Agora que o projeto já está em fase final de produção, vamos torcer para os fabricantes embarcarem nessa jornada.

Fonte(s): Intel

Comentários

Entrei no mundo dos computadores em 1987. Fui redator e editor do TecMundo e do TecMundo Games e sou completamente apaixonado por games, tecnologia e negócios.